* life style * beleza * moda * casamento * maternidade * viagens e cultura pop*

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Cabelos - Escova Tangle Teezer


Oi, bellas!!! Quem nunca passou pelo drama de ter que desembaraçar os cabelos molhados sem quebrar os fios??? Quem nunca experimentou a sensação de "eletricidade" ao pentear os cabelos secos?!
Pequenos dramas que fazem parte da rotina de beleza de quem tem cabelos longos ou finos, né?!
Então, o post de hoje é uma dica para acabar de vez com esse sofrimento! Rs...

A Tangle Teezer é uma escova desenvolvida para desembaraçar os cabelos sem quebrar os fios, proporcionando maciez e redução da eletricidade. 

Eu não conhecia o produto até ganhar uma escovinha dessas. Super presente da Paty.
Há vários modelos e cores da escova. A minha é essa com print de oncinha, na versão para levar na bolsa.




Só tenho usado a minha Tangle para escovar os cabelos. Simplesmente amei!!!

A Tangle Teezer pode ser usada nos cabelos molhados ou secos.

A Paty comprou a minha no salão de beleza que ela frequenta, mas não deve ser difícil de achar pela web. É só dar um Google aí, gente!

O blog recomenda!!!

Fica a dica!

Bjo

Ps: Todas as imagens são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou parcial.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dica de cinema: Jogos Vorazes (Em chamas)



Oi, bellas!!! Resolvi aproveitar um tempinho livre e postar agora, direto do celular, uma dica de filme para quem adora cinema.
Sábado passado assistimos  Jogos Vorazes 2 - Em Chamas. Só tenho a dizer que o filme é ótimo!!! Quem viu o primeiro filme da trilogia e, assim como eu, estava louco para ver o segundo, tem que ir correndo para o cine!!! O filme é intrigante e surpreendente do começo ao fim.
Já estou ansiosa pelo próximo!!!
Fica a dica!!!
Bjo

domingo, 17 de novembro de 2013

Esmalte da semana - Fire da Chanel

Oi, bellas!!!
Para quem adora um vermelho, a dica de hoje é a cor Fire da Chanel.


Bjo

Ps: Apesar da cor ser linda, não é nada que a gente não possa encontrar em um esmalte nacional, né?! 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Provei, aprovei e recomendo!

Oi, bellas!!!

Tem um tempinho que o "provei, aprovei e recomendo" não aparece por aqui, mas  não é por falta de novidades, hein?!

A gente escreve sobre tantas outras coisas e acaba esquecendo que passar uma dica de um bom lugar para comer também é super legal, não é?! Então, resgatando essa coluna do blog, vamos falar de comida!

Quem adora uma boa carne argentina não pode deixar de conhecer o restaurante Pobre Juan (antes que me perguntem, esse não é um post patrocinado, ok?!)

O Pobre Juan tem no cardápio o melhor bife Ancho que já comi!!! O esquema é escolher uma das carnes e montar o prato com um dos acompanhamentos. Como são várias as opções, vale a pena saber qual é a sugestão do Chef. 

Comemorei o meu aniversário lá na última segunda feira. Pedi um Bife Ancho e de acompanhamento um Risoto de Fungui Chileno (amo Fungui). Combinação perfeita!!! 

Já o meu marido escolheu T-Bone (muito saboroso) com arroz Biro Biro. O ponto, o tempero e o sabor das carnes é divino. 

De entrada, peça algo leve como um Carpaccio de Ojo de Bife. Para finalizar, Churros de Dulce de Leche Tudo uma delícia!!!

Seguem as fotos, é de dar água na boca!!!          
                        
(Imagem: Instagram by @alinealarcao)


                     
                                                                             (Imagem: Instagram by @alinealarcao)


Além dos pratos deliciosos, o atendimento é maravilhoso. 
Para os que curtem um ambiente agradável e bem decorado, o Pobre Juan é o lugar ideal. 

 (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                                   (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                                 (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                              (Imagem - Fonte: Reprodução)

Aqui em Brasília o Pobre Juan fica no Iguatemi Shopping. 
E você, tem uma boa dica de restaurante para o "provei, aprovei e recomendo?

Fica a dica!
Bjo

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Diário de Viagem - Maceió


(Vista do mirante do Meridiano Hotel - foto: instagram by @alinealarcao)

Oi, bellas!!! 
Este ano dividi minhas férias em duas partes. Tirei 20 dias em maio para viajar para Cancún e deixei 10 dias para viajar em novembro, mês do meu aniversário. Acho legal dividir as férias porque assim dá para aproveitar melhor. Ter dias para descansar e pegar um fôlego para continuar a maratona é sempre bom, né?! Ainda mais agora que estou fazendo minha segunda pós graduação. Correria total!

Aproveitamos esses dias para dar um pulinho na praia. Dessa vez fomos para Maceió, em Alagoas. Estive em Maceió em 2005. Já estava mais do que na hora de voltar!

Sempre que posto um diário de viagem tento resumir ao máximo, mas é super complicado. Tem detalhes que preciso contar, principalmente porque muita gente, assim como eu, gosta de pesquisar dicas de outros viajantes antes de escolher o destino da viagem. Dessa vez vou tentar falar o mais importante, ok?! Quem quiser mais informações pode deixar um recado nos comentários ou mandar um email (a resposta pode demorar, mas respondo todos).

Não compramos pacote com nenhuma operadora de viagem. Na verdade só fechamos pacotes quando a viagem é para fora do país e isso dependendo do destino. Compramos as passagens pela TAM e ficamos em Maceió no período de 03 a 10 de novembro. O mais legal foi que coincidiu com uma semana bem tranquila na pós (só perdi uma aulinha rs). Voltei para comemorar meu aniversário (11/11) aqui em Brasília.

Assim que chegamos em Maceió alugamos um carro pela locadora Unidas. Foi o melhor custo benefício que encontramos.

O aeroporto Zumbi dos Palmares fica um pouco distante da orla de Pajuçara (onde está localizado o hotel em que nos hospedamos), mas o acesso é super fácil. Esquecemos de levar o GPS e optamos por não alugar um. Não sentimos falta do GPS. Andar pela cidade e chegar ao acesso às praias é bem tranquilo.

Ficamos hospedados no Hotel Meridiano, na orla de Pajuçara. O hotel é ótimo!!! Além de super bem localizado, as instalações são novas e os funcionários muito atenciosos. Além disso, as acomodações são muito boas. O quarto em que ficamos era muito espaçoso. A decoração super clean e moderna. 

(foto: instagram by @alinealarcao)

O hotel tem piscina, sauna, academia, estacionamento gratuito, amplo restaurante e acesso a Wi-Fi. Isso sem falar no café da manhã farto e delicioso!!!

Assim que fizemos o check in, fomos dar uma voltinha pela orla. Não entramos no mar em Pajuçara. Caminhamos para conhecer o bairro. Em Pajuçara há vários restaurantes, barraquinhas, barzinhos, sorveterias e feira de artesanatos.

Durante o tempo em que ficamos em Maceió visitamos as praias de Maragogi, Gunga, Francês e Barra de São Miguel. Todas muito boas. Vale a pena conhecer!!!

Maragogi é a mais distante das que conhecemos. Fica a 135 km de Maceió, seguindo pelo litoral norte da cidade. Lá é um bom lugar para mergulho. Há vários guias oferecendo o passeio. Pesquise, há uma grande diferença de preços.

Em Maragogi o melhor lugar para almoçar é o Maragaço. A comida é deliciosa, o preço é bom e os pratos são bem servidos.





A praia do Gunga fica a 40 km da cidade, seguindo pelo litoral sul. A praia é famosa pelas falésias e pelo mar de coqueiros que predomina na região. Se for à praia do Gunga não deixe de conhecer as falésias e subir no mirante do Gunga. Assim como em Maragogi, a oferta de guias para conhecer as falésias é muito grande. Negocie antes de fechar o passeio. Para subir no Mirante, é preciso pagar R$ 2,00. A vista é incrível!













Fomos para a praia do Gunga por dois dias. Ficamos em duas barraquinhas diferentes: A Barraca Don Pero e a Barraca da Veinha. Em nenhuma delas o atendimento é top, mas das duas, recomendo a barraca da Veinha. Uma dica para a praia do Gunga é conhecer as falésias, subir no mirante e depois partir para outra praia perto do Gunda (Francês ou Barra de São Miguel) onde o atendimento é melhor e mais barato. 

A praia do Francês, localizada a 20 km da cidade, seguindo pelo litoral sul, é famosa porque merece. Piscinas naturais formadas pelos arrecifes fazem com que o mar seja calmo (claro que há a parte de mar aberto onde as ondas são mais agitadas) e de água quentinha.







A praia tem ótimas barracas. Recomendo a barraca Beleza Tropical. O atendimento é bom e o preço é compatível! A praia do Francês é ótima para quem está com crianças. O ponto negativo é a quantidade de ambulantes.

Outra boa pedida é a Barra de São Miguel. Essa praia fica a 32 km da cidade, também pelo litoral sul. A vantagem da Barra é que é uma praia mais tranquila, não muito cheia. O mar é mais calmo, também por causa dos arrecifes. Ficamos na barraca Life Beer. Atendimento muito bom!!! Também é uma ótima praia para quem está com criança.





Em Maceió conhecemos alguns restaurantes muito bons. Um deles é o famoso restaurante peruano Wanchako. Fica super perto do hotel em que estávamos hospedados (3km). A decoração do restaurante é incrível. Inspirada nos Incas, a meia luz deixa o clima super intimista. Não deixe de provar o Pisco Sauer, os Camarones en Conchas e o Cebiche (ceviche) Misto. De sobremesa peça o suspiro limeno ou o crepe de chocolate (surpreendente!!!) Vale cada centavo pago!!! Faça reserva ou chegue antes das 20hs  para conseguir lugar. 





(Pisco Sauer - Foto instagram by @alinealarcao) 

(camarones en conchas) 

(cebiche/ceviche misto) 

(crepe de chocolate) 

(suspiro limeno)

Outro restaurante muito bom é o Imperador dos Camarões. Esse fica a poucos metros do Hotel Meridiano. Além do bom atendimento, o Imperador dos Camarões também possui uma decoração super agradável e bons pratos. Há opções para todos os gostos (massas, carnes, aves, e uma variedade de peixes e frutos do mar - carro chefe do restaurante.)

Para quem gosta de comer um bom hamburger de vez em quando, vale a pena conhecer o Cadillac Burger Sport. Localizada em Pajuçara, a lanchonete fica em um espaço pequeno e tem decoração temática, foi eleita uma das melhores hamburguerias da cidade. Não deixe de provar o sanduíche Avalanche. Aproveite para provar os molhos de salsinha e azeitona. Uma delícia!!!

Para quem gosta de um barzinho, uma boa opção é o Terraço. Lá tem petiscos e refeições. Funciona no almoço e no jantar. 

É claro que não podia faltar uma visitinha à rua das rendeiras, né?! Famosa pela quantidade de lojas, lá o preço das rendas é um pouco mais barato que nas feiras de artesanato. As peças de renda Renascença são as mais caras. Lá também encontramos a famosa renda filé. Tem blusinhas, vestidos, roupinhas para bebês, tolhas, lençóis. Tudo muito lindo e bem feito. Dá pra negociar o preço das peças. Conseguimos bons descontos pagando à vista.


Bom, acho que isso é o principal. A viagem foi perfeita, pena que passa voando, né?!
bjo

Ps: Todas as fotos são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou parcial)

domingo, 15 de setembro de 2013

E o azul klein está de volta!

Oi, bellas!!! Vocês já perceberam que as vitrines estão "azuladas"?!
Pois é, o azul klein (conhecido também como azul bic ou azul royal) está de volta! 
A cor é super alegre, chic, além de proporcionar looks incríveis.
Acredito que a grande sacada para a próxima estação está em investir nos acessórios com essa cor. Bolsas, cintos, sapatos...
Eu estava louca por uma bolsa azul klein. Vi vários modelos, pra todos os bolsos e de vários tamanhos. As lojas apostaram mesmo na tendência. Tem pra todo mundo!!!
Eu arrematei um modelo da Schutz lindo de viver! Optei por uma bolsa mais clássica e estou in love total!!! 

(foto instagram @alinealarcao)

Linda, né?!
Já estou usando super!!!
E vocês, o que acham do azul klein?!
Moda pra usar ou pra deixar passar?
Bjo 

sábado, 14 de setembro de 2013

Meu cabelo - Corte Long Bob e o cuidado com os fios...




foto instagram by @alinealarcao


Oi, bellas!!!
Faz muito tempo desde o último post, né?! Passados quase quatro meses ainda recebo muitos emails com perguntas sobre a viagem para Cancun. Quero agradecer os contatos e dizer que tenho o maior prazer em responder, viu?!

O post de hoje é sobre o meu corte Long Bob e o que tenho usado para cuidar dos cabelos. Vamos lá?!

Assim que voltei de viagem cortei as madeixas. Nesses meses que passaram já cortei o cabelo umas duas vezes  (a única coisa que não faço - pelo menos por enquanto - é pintar os fios. Meu cabelo está completamente natural e quero continuar com ele assim por algum tempo). Aderi ao Long Bob estou amando!!!

O Long Bob é um corte estilo chanel só que mais alongado, que deixa a gente com um ar chique e leve ao mesmo tempo. Estou amando tanto que é só o cabelo crescer um pouquinho que já passo a tesoura para atualizar o corte. 

Mas, independente do cumprimento dos fios, usar bons produtos faz toda a diferença. E é por isso que quero contar para vocês o que tenho usado ultimamente.

Já falei aqui no blog sobre vários produtos. Uma coisa aprendi: Precisamos sempre inovar, pois os fios acostumam com os produtos e o efeito começa a não ficar tão bom quanto no início.

Bom, dessa vez, a minha rotina de cuidados inclui dois novos produtos da Shiseido. Os outros dois, condicionador da John Frieda e o Balm da Joico, já mostrei aqui no blog.



Primeiro lavo o cabelo com uma mão de shampoo glicerinado (aqueles transparentes, sabe?!). Esse sempre troco. Tenho usado um da Pantene. A intenção dessa pré lavagem é retirar o máximo de impurezas dos fios. Aí, quando passo o outro shampoo, o cabelo absorve mais os benefícios do produto.

Depois da pré lavagem tenho usado o extra gentle shampoo for dry hair da Shiseido (shampoo para cabelos secos). Esse shampoo é maravilhoso e restaura o cabelo de forma notável já na primeira lavagem. Comprei em Cancun por 13 doletas. Vende na Sephora, mas lá custa algo em torno de R$ 116 a embalagem de 200 ml.

Ao invés de usar um condicionador logo após o shampoo, tenho aplicado uma máscara de tratamento. Deixo agir por uns minutinhos, enquanto faço massagem nos fios, e depois lavo com água fria. O creme de tratamento da vez é o  Shiseido Intensive Treatment Hair Mask.

Essa máscara da Shiseido é simplesmente incrível!!! O cabelo fica macio, brilhoso e super fácil de escovar. Notei que as pontas duplas desapareceram. Estou apaixonada pela Shiseido!!!

Também comprei a máscara de tratamento em Cancun. Acho que paguei 21 doletas. Na Sephora custa algo em torno de R$ 234.

Depois do creme, uso o condicionador da John Frieda. Uso a linha para cabelos castanhos. O cheirinho do condicionador é delicioso. Já falei dele aqui.

E quando vou escovar os fios, uso o Balm da Joico. Como já falei dele aqui, não vou repetir neste post, mas vale dizer que também é um excelente produto.

É isso, Bellas!!! Cuidar dos cabelos não é tarefa fácil, mas investir em bons produtos, que nem sempre são os mais caros, e criar uma rotina de cuidados é fundamental para a beleza dos fios.

E vocês, o que usam para cuidar das madeixas?
Indica algum produto?
Conta pra gente!!!
Bjo

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Compensa fazer compras em Cancún?


Foto primeiro dia de compras (instagram @alinealarcao)

Oi, bellas!!! A intenção é que este seja um post rápido, será que consigo?! Rs...

Como falei para vocês no primeiro post sobre Cancún, nós fizemos conexão no Panamá tanto na ida quanto na volta. Por causa dessa conexão resolvi escrever esse post e contar o que compensa comprar em Cancún e o que vale a pena comprar no Duty Free do Panamá.

Todo mundo fala que o Duty Free do Panamá é ótimo e tal. Realmente é, mas nada que seja tão diferente do que encontramos em Cancún.

Ao contrário do que a maioria pensa, os preços de Cancún são bem parecidos com os praticados no Dutty Free do Panamá, sem contar que em Cancún há várias lojas que participam do Taxback, ou seja, parte do imposto que é pago nas compras em Cancún é restituído depois (mais informações aqui).

O que isso quer dizer? Quer dizer que há coisas que ficam relativamente mais baratas se compradas em Cancún do que no próprio Duty Free do Panamá.  Quer um exemplo? Em Cancún comprei batons da Mac por 16 dólares, no Dutty free do Panamá custava 15 dólares, mas na loja da Mac há taxback, ou seja, 6% do preço pago em imposto é restituído. O batom na Mac em Cancún saiu por 15,04 dólares.

Qual a vantagem em comprar em Cancún então? Achei em Cancún as cores mais badaladas da Mac e que estavam em falta no aeroporto do Panamá. O mesmo aconteceu com os pincéis de maquiagem. O duo fibre 187 (gente, esse pincel é tudo!!! depois conto aqui porque vale a pena ter um!!!) estava em falta no Panamá. Por sorte comprei em Cancún! Entenderam?! A diferença é pouca, mas não vale a pena correr o risco de deixar para comprar no Duty Free e acabar ficando sem.

Quem me conhece sabe que fiz uma lista enorme de coisas para comprar (costumo fazer uma lista para não esquecer de nada. Isso facilita muito! Torna a compra rápida e a gente aproveita melhor o tempo)  Pois bem,  achei e comprei tudo o que estava na minha listinha em Cancún. Para não dizer que não comprei nada no Duty Free, comprei esmalte Chanel e muitos chocolates.

Em Cancún compramos tenis com preço excelente. Compramos Nike Vomero 8 (que na época nem estava vendendo aqui ainda) que aqui custa R$ 500, por 117 Dólares. O único que não encontramos lá, porque estava esgotado, foi o Kinsei 4 da Asics, mas, por sorte, encontramos no Duty Free do Panamá. Aqui o tenis custa R$ 800. No Panamá pagamos 189 dólares.

Outra coisa que compensa comprar em Cancún são os relógios. Encontramos todas as marcas. Comprei relógios Michael Kors (nosso queridinho ever) com preços ótimos (melhores que no Duty Free do Panamá). É claro que depende do modelo, mas em Cancún há várias lojas de relógios e as opções de modelo são bem maiores que no Duty Free. Para vocês terem uma noção, em um dos modelos que comprei, dourado com detalhe em madrepérola, paguei 286 dólares, já com taxback. Aqui no Brasil o mesmo modelo custa R$ 1490. O mesmo vale para óculos! Comprei Roberto Cavalli e Burberry com  ótimos preços. Meu marido arrematou modelos da Prada e da Ockley .

Os perfumes também tem o mesmo preço do Duty Free. O mesmo vale para cremes VS.

Cancún é ótimo para comprar produtos de beleza. Comprei em Cancún os 3 passos da Clinique e mais alguns creminhos, mais barato que no Panamá. Também comprei Lancôme,  YSL, e Clarins com ótimos preços.

Meu marido comprou recarga para caneta Montblanc no Duty Free do Panamá por 10 dólares. Não procuramos em Cancún porque esquecemos, mas o preço do Duty Free compensou.

Também compramos roupas com preço legal em Cancún (Calvin Klein, Diesel, Puma, Quicksilver...).

Sem contar as promoções. Na loja da Nike, por exemplo, na compra de dois produtos, o terceiro era de graça.

O que eu quero dizer com isso é que dá para fazer boas compras em Cancún. Como em todo lugar, há coisas que compensam e outras não. Depende do que você está procurando.

Vale dizer que em Cancún as lojas, em sua maioria, aceitam dólar. O câmbio utilizado varia entre 11 a 12 pesos mexicanos por dólar americano (preço praticado em maio de 2013).

Procure levar dinheiro trocado. Há lojas, como a Nike, por exemplo, que não aceitam notas de 100 dólares.

Li muito sobre as lojas antes de viajar, mas o melhor é sair pesquisando, olhar tudo com calma...

Como os preços são, sem dúvida, muito melhores que no Brasil, aproveite para tirar pelo menos um dia  para as compras (e cuidado para não estourar o cartão de crédito!!!).

bjo

sábado, 25 de maio de 2013

Diário de Viagem: Cancún (Parte 5) X-Caret




Oi, bellas!!!
Continuando o diário de viagem, hoje o post é sobre a Zona Arqueológica de X-Caret.

X-Caret é uma espécie de parque temático e ecológico situado na Riviera Maia, no estado de Quintana Roo. A distância entre Cancún e X-Caret é de aproximadamente 75 Km. 

Fechamos o X-Caret plus com a CVC. É um passeio que dura o dia todo. Saímos logo pela manhã e só retornamos às 21 hs.

Ok, mas o que tem para fazer em X-Caret?

"Xcaret é o paraíso sagrado do México. É um lugar maravilhoso cheio de cultura e natureza, onde você pode desfrutar de incríveis atividades aquáticas, atrações culturais e shows. Um espaço repleto de belezas naturais do Mar do Caribe e a magia de uma civilização milenar. O lugar perfeito para conhecer o melhor do México, sua história e suas tradições, onde você e sua família desfrutarão as melhores experiências.

Em Xcaret, você encontrará mais de 40 atrações relacionadas à natureza e cultura, como o Pavilhão das borboletas, com borboletas nativas da Península de Yucatán em seu habitat natural, um exclusivo Aquário de recife de corais, um autêntico Cemitério mexicano construído em forma de cone, com sete níveis e 365 túmulos diferentes, uma fazenda henequen, onde se encontra o Museu de Arte Popular Mexicano, que expõe o engenhoso trabalho de artesãos mexicanos.

Passeie pela Trilha da selva tropical e conheça as plantas de onde vêm o chiclete, a canela e a baunilha, entre outros. Admire as vistas do paraíso sagrado do México e do Mar do Caribe na Torre panorâmica giratória, sussurre seus segredos na Câmara dos sussurros, maravilhe-se com os cheiros e as cores do Museu Vivo de Orquídeas e explore as águas cristalinas dos rios subterrâneos de Xcaret. (...)

" (...) No final do dia, surpreenda-se com a celebração do Xcaret México Espetacular, um espetáculo musical que leva você a uma viagem pela história do México, desde os tempos pré-hispânicos aos mais tradicionais e típicos. Assista a um jogo de pelota maia, uma representação do encontro de dois mundos, e a uma festa cheia de luz, magia e cor que surpreenderá os seus sentidos. Venha viver Xcaret! Tudo em Xcaret leva a expressões únicas de alegria e emoção... expressões únicas do México!" (fonte: http://www.xcaret.com/)."

Tem muita coisa para fazer por lá. Programe o seu tempo para aproveitar bem o dia. Pegue o mapa que é dado na entrada e não perca tempo! Nós fizemos as principais atrações do parque. Não deixe de mergulhar, visitar o aquário, a torre panorâmica giratória, que sobe a uma altura de 80m e proporciona uma vista maravilhosa de Playa Del Carmen...



Também é possível mergulhar com golfinhos em X-Caret, mas como contei para vocês no post sobre Isla Mujeres, em X-Caret o nado com os golfinhos é mais caro. A dica é fazer o mergulho em Isla Mujeres.

Em X-Caret também é possível mergulhar com arraias e tubarões, mas isso não está incluído no pacote. O X-Caret Plus inclui o transporte ida e volta até o parque, a entrada com direito aos equipamentos de mergulho, toalhas, guarda volume e a utilização das dependências do parque. No pacote também está incluído uma refeição (almoço) com direito a bebidas. Enquanto permanecer no restaurante, pode comer a vontade, mas se sair, não poderá retornar, já que o pacote dá direito à apenas uma refeição.

Pelo parque é vendido água, refrigerante, cerveja e também comidinhas. Vá preparado para esse tipo de gasto. Para quem não consegue ficar longe do Instagram, no X-Caret há acesso gratuito a rede wi-fi. 

Uma coisa importante é levar um protetor solar biodegradável. Se o seu não for, ele deverá ser deixado no guarda volumes na entrada do parque e retirado no final, já que o uso de protetores que não são biodegradáveis está proibido.

Eu gostei do passeio, apesar de ser um pouco cansativo (justamente por ter muita coisa para fazer). O parque é muito grande, super organizado e bem estruturado. Para quem gosta desse tipo de passeio, recomendo o X-Caret, sem dúvida. Para quem não é muito chegado, sugiro substituir por Tulum ou Chichen Itza.

Ah, no final do dia, há uma apresentação teatral sobre a cultura maia. 

Seguem as fotos!

Não resisti e tirei foto com as araras (notaram o meu vestido combinando com elas?! kkkkk)


Uma das atrações do parque é o mergulho por um corredor imenso, cheio de curvas e que alterna áreas de caverna com áreas a céu aberto.


Durante o trajeto há vários fotógrafos do parque. Nós acabamos comprando umas fotos no final. Essa do mergulho foi uma delas. A fotografia impressa é meio carinha. Compramos por 14 dólares cada. 


Do parque temos uma linda visão do mar. É uma área do parque para sentar e relaxar.




Achei super legal essas plaquinhas indicando a distância entre o México e alguns países.


O parque que, além de arqueológico, é ecológico, tem áreas destinadas aos animais, como é o caso dos pumas, jaguares, morcegos, macacos, veados, flamingos...







Não podia faltar as ruínas, né?!


Dentro do parque há uma área chamada de povoado maia. Lá encontramos um cemitério super diferente do que estamos acostumados por aqui. Olha só que colorido!


Abaixo a torre panorâmica giratória. Ela sobe a 80m e gira lentamente a 360º para que seja possível ter uma vista completa da área ao redor do parque. A vista é incrível! Vale a pena reservar um tempinho para conhecer essa parte do X-Caret.







No parque também é possível comprar coisinhas. Tem lembrancinhas muito legais e os preços são relativamente bons.  Vale a pena dar uma olhadinha.


No final do dia começam as apresentações de música e dança. Uma delas, a principal, é no teatro Tlachco. Já no caminho até o teatro é possível sentir o clima do espetáculo.






Legal, né?!
Mais informações http://www.xcaret.com/
Bjo

Obs: Todas as fotos são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou em parte.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Cabelos - Escova Tangle Teezer


Oi, bellas!!! Quem nunca passou pelo drama de ter que desembaraçar os cabelos molhados sem quebrar os fios??? Quem nunca experimentou a sensação de "eletricidade" ao pentear os cabelos secos?!
Pequenos dramas que fazem parte da rotina de beleza de quem tem cabelos longos ou finos, né?!
Então, o post de hoje é uma dica para acabar de vez com esse sofrimento! Rs...

A Tangle Teezer é uma escova desenvolvida para desembaraçar os cabelos sem quebrar os fios, proporcionando maciez e redução da eletricidade. 

Eu não conhecia o produto até ganhar uma escovinha dessas. Super presente da Paty.
Há vários modelos e cores da escova. A minha é essa com print de oncinha, na versão para levar na bolsa.




Só tenho usado a minha Tangle para escovar os cabelos. Simplesmente amei!!!

A Tangle Teezer pode ser usada nos cabelos molhados ou secos.

A Paty comprou a minha no salão de beleza que ela frequenta, mas não deve ser difícil de achar pela web. É só dar um Google aí, gente!

O blog recomenda!!!

Fica a dica!

Bjo

Ps: Todas as imagens são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou parcial.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dica de cinema: Jogos Vorazes (Em chamas)



Oi, bellas!!! Resolvi aproveitar um tempinho livre e postar agora, direto do celular, uma dica de filme para quem adora cinema.
Sábado passado assistimos  Jogos Vorazes 2 - Em Chamas. Só tenho a dizer que o filme é ótimo!!! Quem viu o primeiro filme da trilogia e, assim como eu, estava louco para ver o segundo, tem que ir correndo para o cine!!! O filme é intrigante e surpreendente do começo ao fim.
Já estou ansiosa pelo próximo!!!
Fica a dica!!!
Bjo

domingo, 17 de novembro de 2013

Esmalte da semana - Fire da Chanel

Oi, bellas!!!
Para quem adora um vermelho, a dica de hoje é a cor Fire da Chanel.


Bjo

Ps: Apesar da cor ser linda, não é nada que a gente não possa encontrar em um esmalte nacional, né?! 

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Provei, aprovei e recomendo!

Oi, bellas!!!

Tem um tempinho que o "provei, aprovei e recomendo" não aparece por aqui, mas  não é por falta de novidades, hein?!

A gente escreve sobre tantas outras coisas e acaba esquecendo que passar uma dica de um bom lugar para comer também é super legal, não é?! Então, resgatando essa coluna do blog, vamos falar de comida!

Quem adora uma boa carne argentina não pode deixar de conhecer o restaurante Pobre Juan (antes que me perguntem, esse não é um post patrocinado, ok?!)

O Pobre Juan tem no cardápio o melhor bife Ancho que já comi!!! O esquema é escolher uma das carnes e montar o prato com um dos acompanhamentos. Como são várias as opções, vale a pena saber qual é a sugestão do Chef. 

Comemorei o meu aniversário lá na última segunda feira. Pedi um Bife Ancho e de acompanhamento um Risoto de Fungui Chileno (amo Fungui). Combinação perfeita!!! 

Já o meu marido escolheu T-Bone (muito saboroso) com arroz Biro Biro. O ponto, o tempero e o sabor das carnes é divino. 

De entrada, peça algo leve como um Carpaccio de Ojo de Bife. Para finalizar, Churros de Dulce de Leche Tudo uma delícia!!!

Seguem as fotos, é de dar água na boca!!!          
                        
(Imagem: Instagram by @alinealarcao)


                     
                                                                             (Imagem: Instagram by @alinealarcao)


Além dos pratos deliciosos, o atendimento é maravilhoso. 
Para os que curtem um ambiente agradável e bem decorado, o Pobre Juan é o lugar ideal. 

 (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                                   (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                                 (Imagem - Fonte: Reprodução)

                                                                              (Imagem - Fonte: Reprodução)

Aqui em Brasília o Pobre Juan fica no Iguatemi Shopping. 
E você, tem uma boa dica de restaurante para o "provei, aprovei e recomendo?

Fica a dica!
Bjo

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Diário de Viagem - Maceió


(Vista do mirante do Meridiano Hotel - foto: instagram by @alinealarcao)

Oi, bellas!!! 
Este ano dividi minhas férias em duas partes. Tirei 20 dias em maio para viajar para Cancún e deixei 10 dias para viajar em novembro, mês do meu aniversário. Acho legal dividir as férias porque assim dá para aproveitar melhor. Ter dias para descansar e pegar um fôlego para continuar a maratona é sempre bom, né?! Ainda mais agora que estou fazendo minha segunda pós graduação. Correria total!

Aproveitamos esses dias para dar um pulinho na praia. Dessa vez fomos para Maceió, em Alagoas. Estive em Maceió em 2005. Já estava mais do que na hora de voltar!

Sempre que posto um diário de viagem tento resumir ao máximo, mas é super complicado. Tem detalhes que preciso contar, principalmente porque muita gente, assim como eu, gosta de pesquisar dicas de outros viajantes antes de escolher o destino da viagem. Dessa vez vou tentar falar o mais importante, ok?! Quem quiser mais informações pode deixar um recado nos comentários ou mandar um email (a resposta pode demorar, mas respondo todos).

Não compramos pacote com nenhuma operadora de viagem. Na verdade só fechamos pacotes quando a viagem é para fora do país e isso dependendo do destino. Compramos as passagens pela TAM e ficamos em Maceió no período de 03 a 10 de novembro. O mais legal foi que coincidiu com uma semana bem tranquila na pós (só perdi uma aulinha rs). Voltei para comemorar meu aniversário (11/11) aqui em Brasília.

Assim que chegamos em Maceió alugamos um carro pela locadora Unidas. Foi o melhor custo benefício que encontramos.

O aeroporto Zumbi dos Palmares fica um pouco distante da orla de Pajuçara (onde está localizado o hotel em que nos hospedamos), mas o acesso é super fácil. Esquecemos de levar o GPS e optamos por não alugar um. Não sentimos falta do GPS. Andar pela cidade e chegar ao acesso às praias é bem tranquilo.

Ficamos hospedados no Hotel Meridiano, na orla de Pajuçara. O hotel é ótimo!!! Além de super bem localizado, as instalações são novas e os funcionários muito atenciosos. Além disso, as acomodações são muito boas. O quarto em que ficamos era muito espaçoso. A decoração super clean e moderna. 

(foto: instagram by @alinealarcao)

O hotel tem piscina, sauna, academia, estacionamento gratuito, amplo restaurante e acesso a Wi-Fi. Isso sem falar no café da manhã farto e delicioso!!!

Assim que fizemos o check in, fomos dar uma voltinha pela orla. Não entramos no mar em Pajuçara. Caminhamos para conhecer o bairro. Em Pajuçara há vários restaurantes, barraquinhas, barzinhos, sorveterias e feira de artesanatos.

Durante o tempo em que ficamos em Maceió visitamos as praias de Maragogi, Gunga, Francês e Barra de São Miguel. Todas muito boas. Vale a pena conhecer!!!

Maragogi é a mais distante das que conhecemos. Fica a 135 km de Maceió, seguindo pelo litoral norte da cidade. Lá é um bom lugar para mergulho. Há vários guias oferecendo o passeio. Pesquise, há uma grande diferença de preços.

Em Maragogi o melhor lugar para almoçar é o Maragaço. A comida é deliciosa, o preço é bom e os pratos são bem servidos.





A praia do Gunga fica a 40 km da cidade, seguindo pelo litoral sul. A praia é famosa pelas falésias e pelo mar de coqueiros que predomina na região. Se for à praia do Gunga não deixe de conhecer as falésias e subir no mirante do Gunga. Assim como em Maragogi, a oferta de guias para conhecer as falésias é muito grande. Negocie antes de fechar o passeio. Para subir no Mirante, é preciso pagar R$ 2,00. A vista é incrível!













Fomos para a praia do Gunga por dois dias. Ficamos em duas barraquinhas diferentes: A Barraca Don Pero e a Barraca da Veinha. Em nenhuma delas o atendimento é top, mas das duas, recomendo a barraca da Veinha. Uma dica para a praia do Gunga é conhecer as falésias, subir no mirante e depois partir para outra praia perto do Gunda (Francês ou Barra de São Miguel) onde o atendimento é melhor e mais barato. 

A praia do Francês, localizada a 20 km da cidade, seguindo pelo litoral sul, é famosa porque merece. Piscinas naturais formadas pelos arrecifes fazem com que o mar seja calmo (claro que há a parte de mar aberto onde as ondas são mais agitadas) e de água quentinha.







A praia tem ótimas barracas. Recomendo a barraca Beleza Tropical. O atendimento é bom e o preço é compatível! A praia do Francês é ótima para quem está com crianças. O ponto negativo é a quantidade de ambulantes.

Outra boa pedida é a Barra de São Miguel. Essa praia fica a 32 km da cidade, também pelo litoral sul. A vantagem da Barra é que é uma praia mais tranquila, não muito cheia. O mar é mais calmo, também por causa dos arrecifes. Ficamos na barraca Life Beer. Atendimento muito bom!!! Também é uma ótima praia para quem está com criança.





Em Maceió conhecemos alguns restaurantes muito bons. Um deles é o famoso restaurante peruano Wanchako. Fica super perto do hotel em que estávamos hospedados (3km). A decoração do restaurante é incrível. Inspirada nos Incas, a meia luz deixa o clima super intimista. Não deixe de provar o Pisco Sauer, os Camarones en Conchas e o Cebiche (ceviche) Misto. De sobremesa peça o suspiro limeno ou o crepe de chocolate (surpreendente!!!) Vale cada centavo pago!!! Faça reserva ou chegue antes das 20hs  para conseguir lugar. 





(Pisco Sauer - Foto instagram by @alinealarcao) 

(camarones en conchas) 

(cebiche/ceviche misto) 

(crepe de chocolate) 

(suspiro limeno)

Outro restaurante muito bom é o Imperador dos Camarões. Esse fica a poucos metros do Hotel Meridiano. Além do bom atendimento, o Imperador dos Camarões também possui uma decoração super agradável e bons pratos. Há opções para todos os gostos (massas, carnes, aves, e uma variedade de peixes e frutos do mar - carro chefe do restaurante.)

Para quem gosta de comer um bom hamburger de vez em quando, vale a pena conhecer o Cadillac Burger Sport. Localizada em Pajuçara, a lanchonete fica em um espaço pequeno e tem decoração temática, foi eleita uma das melhores hamburguerias da cidade. Não deixe de provar o sanduíche Avalanche. Aproveite para provar os molhos de salsinha e azeitona. Uma delícia!!!

Para quem gosta de um barzinho, uma boa opção é o Terraço. Lá tem petiscos e refeições. Funciona no almoço e no jantar. 

É claro que não podia faltar uma visitinha à rua das rendeiras, né?! Famosa pela quantidade de lojas, lá o preço das rendas é um pouco mais barato que nas feiras de artesanato. As peças de renda Renascença são as mais caras. Lá também encontramos a famosa renda filé. Tem blusinhas, vestidos, roupinhas para bebês, tolhas, lençóis. Tudo muito lindo e bem feito. Dá pra negociar o preço das peças. Conseguimos bons descontos pagando à vista.


Bom, acho que isso é o principal. A viagem foi perfeita, pena que passa voando, né?!
bjo

Ps: Todas as fotos são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou parcial)

domingo, 15 de setembro de 2013

E o azul klein está de volta!

Oi, bellas!!! Vocês já perceberam que as vitrines estão "azuladas"?!
Pois é, o azul klein (conhecido também como azul bic ou azul royal) está de volta! 
A cor é super alegre, chic, além de proporcionar looks incríveis.
Acredito que a grande sacada para a próxima estação está em investir nos acessórios com essa cor. Bolsas, cintos, sapatos...
Eu estava louca por uma bolsa azul klein. Vi vários modelos, pra todos os bolsos e de vários tamanhos. As lojas apostaram mesmo na tendência. Tem pra todo mundo!!!
Eu arrematei um modelo da Schutz lindo de viver! Optei por uma bolsa mais clássica e estou in love total!!! 

(foto instagram @alinealarcao)

Linda, né?!
Já estou usando super!!!
E vocês, o que acham do azul klein?!
Moda pra usar ou pra deixar passar?
Bjo 

sábado, 14 de setembro de 2013

Meu cabelo - Corte Long Bob e o cuidado com os fios...




foto instagram by @alinealarcao


Oi, bellas!!!
Faz muito tempo desde o último post, né?! Passados quase quatro meses ainda recebo muitos emails com perguntas sobre a viagem para Cancun. Quero agradecer os contatos e dizer que tenho o maior prazer em responder, viu?!

O post de hoje é sobre o meu corte Long Bob e o que tenho usado para cuidar dos cabelos. Vamos lá?!

Assim que voltei de viagem cortei as madeixas. Nesses meses que passaram já cortei o cabelo umas duas vezes  (a única coisa que não faço - pelo menos por enquanto - é pintar os fios. Meu cabelo está completamente natural e quero continuar com ele assim por algum tempo). Aderi ao Long Bob estou amando!!!

O Long Bob é um corte estilo chanel só que mais alongado, que deixa a gente com um ar chique e leve ao mesmo tempo. Estou amando tanto que é só o cabelo crescer um pouquinho que já passo a tesoura para atualizar o corte. 

Mas, independente do cumprimento dos fios, usar bons produtos faz toda a diferença. E é por isso que quero contar para vocês o que tenho usado ultimamente.

Já falei aqui no blog sobre vários produtos. Uma coisa aprendi: Precisamos sempre inovar, pois os fios acostumam com os produtos e o efeito começa a não ficar tão bom quanto no início.

Bom, dessa vez, a minha rotina de cuidados inclui dois novos produtos da Shiseido. Os outros dois, condicionador da John Frieda e o Balm da Joico, já mostrei aqui no blog.



Primeiro lavo o cabelo com uma mão de shampoo glicerinado (aqueles transparentes, sabe?!). Esse sempre troco. Tenho usado um da Pantene. A intenção dessa pré lavagem é retirar o máximo de impurezas dos fios. Aí, quando passo o outro shampoo, o cabelo absorve mais os benefícios do produto.

Depois da pré lavagem tenho usado o extra gentle shampoo for dry hair da Shiseido (shampoo para cabelos secos). Esse shampoo é maravilhoso e restaura o cabelo de forma notável já na primeira lavagem. Comprei em Cancun por 13 doletas. Vende na Sephora, mas lá custa algo em torno de R$ 116 a embalagem de 200 ml.

Ao invés de usar um condicionador logo após o shampoo, tenho aplicado uma máscara de tratamento. Deixo agir por uns minutinhos, enquanto faço massagem nos fios, e depois lavo com água fria. O creme de tratamento da vez é o  Shiseido Intensive Treatment Hair Mask.

Essa máscara da Shiseido é simplesmente incrível!!! O cabelo fica macio, brilhoso e super fácil de escovar. Notei que as pontas duplas desapareceram. Estou apaixonada pela Shiseido!!!

Também comprei a máscara de tratamento em Cancun. Acho que paguei 21 doletas. Na Sephora custa algo em torno de R$ 234.

Depois do creme, uso o condicionador da John Frieda. Uso a linha para cabelos castanhos. O cheirinho do condicionador é delicioso. Já falei dele aqui.

E quando vou escovar os fios, uso o Balm da Joico. Como já falei dele aqui, não vou repetir neste post, mas vale dizer que também é um excelente produto.

É isso, Bellas!!! Cuidar dos cabelos não é tarefa fácil, mas investir em bons produtos, que nem sempre são os mais caros, e criar uma rotina de cuidados é fundamental para a beleza dos fios.

E vocês, o que usam para cuidar das madeixas?
Indica algum produto?
Conta pra gente!!!
Bjo

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Compensa fazer compras em Cancún?


Foto primeiro dia de compras (instagram @alinealarcao)

Oi, bellas!!! A intenção é que este seja um post rápido, será que consigo?! Rs...

Como falei para vocês no primeiro post sobre Cancún, nós fizemos conexão no Panamá tanto na ida quanto na volta. Por causa dessa conexão resolvi escrever esse post e contar o que compensa comprar em Cancún e o que vale a pena comprar no Duty Free do Panamá.

Todo mundo fala que o Duty Free do Panamá é ótimo e tal. Realmente é, mas nada que seja tão diferente do que encontramos em Cancún.

Ao contrário do que a maioria pensa, os preços de Cancún são bem parecidos com os praticados no Dutty Free do Panamá, sem contar que em Cancún há várias lojas que participam do Taxback, ou seja, parte do imposto que é pago nas compras em Cancún é restituído depois (mais informações aqui).

O que isso quer dizer? Quer dizer que há coisas que ficam relativamente mais baratas se compradas em Cancún do que no próprio Duty Free do Panamá.  Quer um exemplo? Em Cancún comprei batons da Mac por 16 dólares, no Dutty free do Panamá custava 15 dólares, mas na loja da Mac há taxback, ou seja, 6% do preço pago em imposto é restituído. O batom na Mac em Cancún saiu por 15,04 dólares.

Qual a vantagem em comprar em Cancún então? Achei em Cancún as cores mais badaladas da Mac e que estavam em falta no aeroporto do Panamá. O mesmo aconteceu com os pincéis de maquiagem. O duo fibre 187 (gente, esse pincel é tudo!!! depois conto aqui porque vale a pena ter um!!!) estava em falta no Panamá. Por sorte comprei em Cancún! Entenderam?! A diferença é pouca, mas não vale a pena correr o risco de deixar para comprar no Duty Free e acabar ficando sem.

Quem me conhece sabe que fiz uma lista enorme de coisas para comprar (costumo fazer uma lista para não esquecer de nada. Isso facilita muito! Torna a compra rápida e a gente aproveita melhor o tempo)  Pois bem,  achei e comprei tudo o que estava na minha listinha em Cancún. Para não dizer que não comprei nada no Duty Free, comprei esmalte Chanel e muitos chocolates.

Em Cancún compramos tenis com preço excelente. Compramos Nike Vomero 8 (que na época nem estava vendendo aqui ainda) que aqui custa R$ 500, por 117 Dólares. O único que não encontramos lá, porque estava esgotado, foi o Kinsei 4 da Asics, mas, por sorte, encontramos no Duty Free do Panamá. Aqui o tenis custa R$ 800. No Panamá pagamos 189 dólares.

Outra coisa que compensa comprar em Cancún são os relógios. Encontramos todas as marcas. Comprei relógios Michael Kors (nosso queridinho ever) com preços ótimos (melhores que no Duty Free do Panamá). É claro que depende do modelo, mas em Cancún há várias lojas de relógios e as opções de modelo são bem maiores que no Duty Free. Para vocês terem uma noção, em um dos modelos que comprei, dourado com detalhe em madrepérola, paguei 286 dólares, já com taxback. Aqui no Brasil o mesmo modelo custa R$ 1490. O mesmo vale para óculos! Comprei Roberto Cavalli e Burberry com  ótimos preços. Meu marido arrematou modelos da Prada e da Ockley .

Os perfumes também tem o mesmo preço do Duty Free. O mesmo vale para cremes VS.

Cancún é ótimo para comprar produtos de beleza. Comprei em Cancún os 3 passos da Clinique e mais alguns creminhos, mais barato que no Panamá. Também comprei Lancôme,  YSL, e Clarins com ótimos preços.

Meu marido comprou recarga para caneta Montblanc no Duty Free do Panamá por 10 dólares. Não procuramos em Cancún porque esquecemos, mas o preço do Duty Free compensou.

Também compramos roupas com preço legal em Cancún (Calvin Klein, Diesel, Puma, Quicksilver...).

Sem contar as promoções. Na loja da Nike, por exemplo, na compra de dois produtos, o terceiro era de graça.

O que eu quero dizer com isso é que dá para fazer boas compras em Cancún. Como em todo lugar, há coisas que compensam e outras não. Depende do que você está procurando.

Vale dizer que em Cancún as lojas, em sua maioria, aceitam dólar. O câmbio utilizado varia entre 11 a 12 pesos mexicanos por dólar americano (preço praticado em maio de 2013).

Procure levar dinheiro trocado. Há lojas, como a Nike, por exemplo, que não aceitam notas de 100 dólares.

Li muito sobre as lojas antes de viajar, mas o melhor é sair pesquisando, olhar tudo com calma...

Como os preços são, sem dúvida, muito melhores que no Brasil, aproveite para tirar pelo menos um dia  para as compras (e cuidado para não estourar o cartão de crédito!!!).

bjo

sábado, 25 de maio de 2013

Diário de Viagem: Cancún (Parte 5) X-Caret




Oi, bellas!!!
Continuando o diário de viagem, hoje o post é sobre a Zona Arqueológica de X-Caret.

X-Caret é uma espécie de parque temático e ecológico situado na Riviera Maia, no estado de Quintana Roo. A distância entre Cancún e X-Caret é de aproximadamente 75 Km. 

Fechamos o X-Caret plus com a CVC. É um passeio que dura o dia todo. Saímos logo pela manhã e só retornamos às 21 hs.

Ok, mas o que tem para fazer em X-Caret?

"Xcaret é o paraíso sagrado do México. É um lugar maravilhoso cheio de cultura e natureza, onde você pode desfrutar de incríveis atividades aquáticas, atrações culturais e shows. Um espaço repleto de belezas naturais do Mar do Caribe e a magia de uma civilização milenar. O lugar perfeito para conhecer o melhor do México, sua história e suas tradições, onde você e sua família desfrutarão as melhores experiências.

Em Xcaret, você encontrará mais de 40 atrações relacionadas à natureza e cultura, como o Pavilhão das borboletas, com borboletas nativas da Península de Yucatán em seu habitat natural, um exclusivo Aquário de recife de corais, um autêntico Cemitério mexicano construído em forma de cone, com sete níveis e 365 túmulos diferentes, uma fazenda henequen, onde se encontra o Museu de Arte Popular Mexicano, que expõe o engenhoso trabalho de artesãos mexicanos.

Passeie pela Trilha da selva tropical e conheça as plantas de onde vêm o chiclete, a canela e a baunilha, entre outros. Admire as vistas do paraíso sagrado do México e do Mar do Caribe na Torre panorâmica giratória, sussurre seus segredos na Câmara dos sussurros, maravilhe-se com os cheiros e as cores do Museu Vivo de Orquídeas e explore as águas cristalinas dos rios subterrâneos de Xcaret. (...)

" (...) No final do dia, surpreenda-se com a celebração do Xcaret México Espetacular, um espetáculo musical que leva você a uma viagem pela história do México, desde os tempos pré-hispânicos aos mais tradicionais e típicos. Assista a um jogo de pelota maia, uma representação do encontro de dois mundos, e a uma festa cheia de luz, magia e cor que surpreenderá os seus sentidos. Venha viver Xcaret! Tudo em Xcaret leva a expressões únicas de alegria e emoção... expressões únicas do México!" (fonte: http://www.xcaret.com/)."

Tem muita coisa para fazer por lá. Programe o seu tempo para aproveitar bem o dia. Pegue o mapa que é dado na entrada e não perca tempo! Nós fizemos as principais atrações do parque. Não deixe de mergulhar, visitar o aquário, a torre panorâmica giratória, que sobe a uma altura de 80m e proporciona uma vista maravilhosa de Playa Del Carmen...



Também é possível mergulhar com golfinhos em X-Caret, mas como contei para vocês no post sobre Isla Mujeres, em X-Caret o nado com os golfinhos é mais caro. A dica é fazer o mergulho em Isla Mujeres.

Em X-Caret também é possível mergulhar com arraias e tubarões, mas isso não está incluído no pacote. O X-Caret Plus inclui o transporte ida e volta até o parque, a entrada com direito aos equipamentos de mergulho, toalhas, guarda volume e a utilização das dependências do parque. No pacote também está incluído uma refeição (almoço) com direito a bebidas. Enquanto permanecer no restaurante, pode comer a vontade, mas se sair, não poderá retornar, já que o pacote dá direito à apenas uma refeição.

Pelo parque é vendido água, refrigerante, cerveja e também comidinhas. Vá preparado para esse tipo de gasto. Para quem não consegue ficar longe do Instagram, no X-Caret há acesso gratuito a rede wi-fi. 

Uma coisa importante é levar um protetor solar biodegradável. Se o seu não for, ele deverá ser deixado no guarda volumes na entrada do parque e retirado no final, já que o uso de protetores que não são biodegradáveis está proibido.

Eu gostei do passeio, apesar de ser um pouco cansativo (justamente por ter muita coisa para fazer). O parque é muito grande, super organizado e bem estruturado. Para quem gosta desse tipo de passeio, recomendo o X-Caret, sem dúvida. Para quem não é muito chegado, sugiro substituir por Tulum ou Chichen Itza.

Ah, no final do dia, há uma apresentação teatral sobre a cultura maia. 

Seguem as fotos!

Não resisti e tirei foto com as araras (notaram o meu vestido combinando com elas?! kkkkk)


Uma das atrações do parque é o mergulho por um corredor imenso, cheio de curvas e que alterna áreas de caverna com áreas a céu aberto.


Durante o trajeto há vários fotógrafos do parque. Nós acabamos comprando umas fotos no final. Essa do mergulho foi uma delas. A fotografia impressa é meio carinha. Compramos por 14 dólares cada. 


Do parque temos uma linda visão do mar. É uma área do parque para sentar e relaxar.




Achei super legal essas plaquinhas indicando a distância entre o México e alguns países.


O parque que, além de arqueológico, é ecológico, tem áreas destinadas aos animais, como é o caso dos pumas, jaguares, morcegos, macacos, veados, flamingos...







Não podia faltar as ruínas, né?!


Dentro do parque há uma área chamada de povoado maia. Lá encontramos um cemitério super diferente do que estamos acostumados por aqui. Olha só que colorido!


Abaixo a torre panorâmica giratória. Ela sobe a 80m e gira lentamente a 360º para que seja possível ter uma vista completa da área ao redor do parque. A vista é incrível! Vale a pena reservar um tempinho para conhecer essa parte do X-Caret.







No parque também é possível comprar coisinhas. Tem lembrancinhas muito legais e os preços são relativamente bons.  Vale a pena dar uma olhadinha.


No final do dia começam as apresentações de música e dança. Uma delas, a principal, é no teatro Tlachco. Já no caminho até o teatro é possível sentir o clima do espetáculo.






Legal, né?!
Mais informações http://www.xcaret.com/
Bjo

Obs: Todas as fotos são de arquivo pessoal, sendo proibida a reprodução total ou em parte.